Megamutirão das igrejas acontece no próximo sábado

DENGUE



Depois do megamutirão envolvendo servidores municipais, entidades e voluntários, a Prefeitura de Limeira está programando mais uma atividade com o mesmo objetivo – combater o mosquito Aedes aegypti, que é o transmissor da dengue. Agora, o trabalho de conscientização terá o apoio das comunidades religiosas. No sábado, 6 de abril, as igrejas – com a ajuda de seus fiéis – irão orientar a população vizinha às suas instalações. Todas as áreas da cidade serão atendidas.
O trabalho a ser realizado será de orientação. As pessoas envolvidas na ação não vão vistoriar os quintais, como aconteceu no megamutirão do dia 16 de março. “Com o apoio das igrejas será feita a panfletagem nas residências e estabelecimentos comerciais. Essa atividade é essencial para que barremos o avanço da dengue. É obrigação nossa, da prefeitura, e também dos munícipes. Vistoriar o quintal, uma vez por semana, ajuda e muito”, comenta o prefeito Mario Botion.
Os representantes das comunidades religiosas já participaram de reunião com a chefe de Divisão de Controle de Zoonoses, Pedrina Aparecida Rodrigues Costa, que explicou como o mosquito se prolifera e orientou sobre o megamutirão. Nesta semana, as entidades religiosas – de todas as crenças - estão recebendo os cartazes e os folders explicativos de combate à dengue. Os fiéis ainda serão orientados nos cultos e missas. E cada igreja terá uma pessoa responsável para verificar os seus imóveis.
Atualmente, o município tem 110 casos confirmados da doença.

NOTA



Emeief José Justino Castilho é vandalizada e sala é atingida por incêndio

A Emeief José Justino Castilho, localizada no Jardim Santa Eulália, foi vandalizada e a sala de arquivos da unidade foi atingida por um incêndio, na madrugada desta segunda-feira (1º). O incêndio começou por volta das 4h. A escola conta com alarmes de segurança e, assim que disparou, a Polícia Militar foi acionada. O caseiro da unidade rapidamente entrou na sala e controlou o fogo com um extintor de incêndio. O Corpo de Bombeiros foi acionado e orientou para que as aulas fossem suspensas nesta segunda. Amanhã (2), o funcionamento volta ao normal.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado e as causas do incêndio serão apuradas. O secretário de Educação, André De Francesco, foi à escola pela manhã para acompanhar o trabalho de limpeza da unidade. A sala de arquivos atingida pelo incêndio continha documentos antigos. Alguns materiais pedagógicos também foram queimados. Os pais dos 535 alunos foram avisados sobre o ocorrido.

PREVENÇÃO



Prefeitura de Limeira antecipa para 10 de abril campanha de vacinação da gripe; expectativa é vacinar 72,4 mil pessoas

A campanha de vacinação contra a Influenza (gripe) da Prefeitura de Limeira foi antecipada para 10 de abrilconforme orientação do Ministério da Saúde. Devem ser vacinadas todas as pessoas que integram os grupos prioritários: crianças de seis meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), idosos (a partir de 60 anos), gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias), trabalhadores da saúde, professores, povos indígenas, jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema penitenciário, indivíduos privados de liberdade e pessoas com doenças crônicas.

As doses serão oferecidas em 16 pontos da rede, incluindo as Unidades Básicas de Saúde com salas de vacinação e a sede da Vigilância Epidemiológica, que fica na Av. Ana Carolina de Barros Levi, 650. O atendimento ocorrerá das 7h30 às 11h e das 12h30 às 16h. A campanha vai até 31 de maio, sendo que o Dia D de mobilização nacional está previsto para 4 de maio (sábado). Nessa data, a Secretaria de Saúde terá pontos volantes nos bairros Lopes e Pinhal, visando facilitar a cobertura vacinal das pessoas que moram na zona rural da cidade.

O público prioritário da campanha é estimado em 61 mil pessoas, incluindo a população carcerária. A meta da Secretaria de Saúde é vacinar 90% desse total. Além disso, a pasta espera alcançar com a campanha 11.400 pessoas com doenças crônicas – grupo para o qual não há meta estipulada.

Para a vacinação, é necessário apresentar cartão de vacinação. Pessoas com doenças crônicas devem apresentar receita com indicação do medicamento do qual fazem uso ou carta médica indicando a CID (Classificação Internacional de Doenças). O procedimento é contraindicado para bebês menores de 6 meses e para pessoas que já apresentaram reações anafiláticas em aplicações anteriores ou após ingestão de ovo.

O vírus Influenza é transmitido por pessoas infectadas ao tossir ou espirrar, e ainda, por objetos contaminados por secreções. De acordo com Informe Técnico do Ministério da Saúde, o período de incubação do vírus influenza varia entre um a quatro dias. Os sintomas da doença são muito variáveis, podendo ocorrer desde a infecção assintomática, até formas graves.

Produzida pelo Instituto Butantan, a vacina oferece proteção contra H1N1, H3N2, e Influenza B. As doses começarão a ser entregues no dia 3 de abril. A coordenadora da Divisão de Vigilância Epidemiológica, Amélia Maria P. da Silva, esclarece que o maior benefício da vacina é a prevenção de complicações pulmonares e internações hospitalares. Neste ano, Amélia informa que não há registro de Influenza na cidade.

A exemplo de anos anteriores, a Secretaria de Comunicação Social fará uma ampla campanha publicitária nos principais meios de comunicação da cidade e nas mídias digitais (facebook, twitter e instagram).

Informações pelo telefone 3442-5984.

HISTÓRICO
Na campanha do ano passado, foram vacinadas 62.277 pessoas. O número corresponde a 84,2% da meta prevista. O maior índice de adesão foi no grupo dos idosos, com 31.986 doses aplicadas (98% da meta de vacinação). Também foram vacinados: 2.239 professores (89,8% da meta), 372 puérperas (84% da meta), 5.284 trabalhadores de saúde (83,9% da meta), 1.718 gestantes (63,9% da meta), 9.243 crianças (59,5% da meta) e 11.435 pessoas com doenças crônicas (sem meta prevista).
Confira os locais de vacinação, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h e das 12h30 às 16h.

Unidades Básicas de Saúde
Endereço
Planalto
Rua Prof. Ely A. Campos, s/nº
Vista Alegre
Rua Alberto Pelegrino, s/nº
Cecap
Av. Fausto E. dos Santos, s/nº
Jd. Aeroporto
Rua Antonio de Luna, s/nº
Jd. Nova Europa
Elisa Stalberg, 366
Nossa Senhora das Dores 1
Av. Frei João das Mercês, 50
Nossa Senhora das Dores 2
Av. Vitório Bortolan, s/nº
Morro Azul
Rua Oswaldo Bertolini, 500
Pq. Hipólito 1
Rua Arlinda Abreu Ribeiro s/nº
Abílio Pedro
Rua Agostinho Gianoto, s/nº
Graminha
Rua Luis Pereira do Prado, 156
Nova Limeira
Rua José Fontanin, 179
Nova Suíça
Rua Vereador Samuel Berto, s/nº
Novo Horizonte
Rua Nelson F. da Silva, s/nº
Tatu
Rua Alberto Pelegrino, s/nº
Vigilância Epidemiológica
Av. Ana C. B. Levy, 650

Megamutirão das igrejas acontece no próximo sábado

DENGUE Depois do megamutirão envolvendo servidores municipais, entidades e voluntários, a Prefeitura de Limeira está programando ma...