Prefeito anuncia vinda da Universidade São Judas e reitora confirma curso de medicina em Limeira

ENSINO SUPERIOR

Limeira receberá o curso de Medicina e outros 11 cursos em 2019, oferecidos pela Universidade São Judas Tadeu. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (27) pelo prefeito Mario Botion e a reitora da instituição, Prof.ª Dr.ª Denise Campos, durante coletiva no Paço Municipal. Com investimento de R$ 15 milhões, a instituição será instalada no prédio da antiga Indústria Fumagalli e tem previsão para início dos cursos em fevereiro do ano que vem.

O prefeito destacou que essa é a décima instituição de ensino superior que será instalada em Limeira. “A São Judas passa a ser parte importante desse grupo que já temos, contribuindo para a vocação de formação universitária que a cidade possui.” Segundo o prefeito, a chegada da universidade auxilia na criação de oportunidades de formação para os munícipes e para a região. “Isso demonstra o potencial e a credibilidade de Limeira.”

Segundo a reitora, além da medicina, prevista no edital, a instituição apostou em Limeira e oferecerá outras áreas de formação. “Os cursos foram pensados em função das demandas e das características sociais e econômicas de toda a região, mas olhando com muito foco em Limeira”, explicou. Serão oferecidos os cursos de Administração, Educação Física, Ciências Contábeis, Engenharia de Produção, Biomedicina, Pedagogia, Engenharia Civil, Nutrição, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica, Farmácia e Gestão de Recursos Humano. Somente o curso de medicina disponibilizará 50 vagas, já previstos no edital do processo do Ministério da Educação.
Denise salientou que os professores que atuarão no campus de Limeira também deverão ser da região. “Queremos um curso com identidade local, um curso de e para Limeira, com a identidade e a cultura da cidade.” Ainda segundo ela, serão concedidas bolsas para o curso, de contrapartida da universidade, além dos programas federais. Além disso, com a vinda da instituição, serão oferecidos três programas de residência médica, o que trará novos médicos para a cidade. “É mais uma alavanca para o desenvolvimento da região.”

Denise explicou que agora é aguardar os prazos legais tanto por parte do MEC, que deve avaliar a estrutura do campus de Limeira, e dos procedimentos para iniciar a reforma do espaço que abrigará a universidade. “Estamos com tudo pronto para iniciar as aulas o quanto antes.” O prefeito Mario Botion falou que o local que abrigará a universidade é uma área que está parada há muito tempo em Limeira e que será revitalizada com a vinda do campus da São Judas.

Segundo o prefeito, a atual administração tem atuado para fomentar a ocupação de áreas como essas que estão sem utilização, como a área da antiga União, que receberá investimento da ordem de R$ 1 bilhão e alterará os aspectos urbanísticos da região. “A vinda dessa universidade corresponde com etapas importantes do nosso programa permanente de desenvolvimento e formação profissional e tecnológica que os cursos trarão para nossa cidade”, comentou. “Agradecemos à São Judas por investir em Limeira e investir nas pessoas, que é o que mais necessitamos.”



Nenhum comentário:

Megamutirão das igrejas acontece no próximo sábado

DENGUE Depois do megamutirão envolvendo servidores municipais, entidades e voluntários, a Prefeitura de Limeira está programando ma...