Prefeito abre 2º dia de encontro sobre educação continuada no Teatro Vitória

VALORIZAÇÃO


O 2º dia do Encontro Municipal de Educação Continuada (EMEC) aconteceu nesta sexta-feira (27), com atividades no Teatro Vitória e na Faculdade Anhanguera. Foi a vez dos educadores do ensino infantil e especialistas de Educação Física e Artes participarem do encontro no teatro. A abertura do 2º dia de palestras contou com a presença do prefeito Mario Botion, do secretário de Educação, André de Francesco, e da diretora pedagógica da pasta, Adriana Capicotto.

Botion destacou a importância dessa capacitação como forma de valorizar os servidores docentes dentro da sala de aula. “Além dos especialistas que palestram nesse encontro, outro fator importante é a troca de informações. É importante trazer novos conhecimentos com especialistas e compartilharmos aquilo que a rede vem construindo ao longo do tempo”, afirmou. O prefeito também falou que o EMEC é uma contribuição para o futuro da Educação. “Que esses conhecimentos continuem sendo divididos com nossos alunos, que são nosso objetivo maior, oferecendo uma educação de qualidade.”

“Era um sonho fazermos esse encontro de formação, e tem sido bacana ver o envolvimento de todos com o encontro”, falou o secretário André de Francesco. Ele agradeceu ao prefeito pela confiança e pela gestão feita pela Educação. “É um grande desafio, que traz grandes recompensas. Vamos buscar melhorar cada vez mais”, comentou. O secretário também frisou a necessidade do trabalho na educação continuada, atualizando os métodos dentro da realidade da área na cidade.

Adriana Capicotto falou da alegria de poder realizar o EMEC. “Foi pensando na valorização do trabalho docente, passando pelo movimento de se apropriar de conhecimentos, para ressignificar a prática e o cotidiano da sala de aula”, falou. Adriana destacou a importância do relato de experiências feitos no encontro, principalmente para a educação infantil, como condição para o desenvolvimento das crianças. “É um desafio de buscar a coerência entre aquilo que temos que ensinar, como devemos ensinar, olhando para a criança dentro daquilo que é próprio ao seu desenvolvimento.”

CAPACITAÇÃO

As palestras desta sexta-feira, no Teatro Vitória, foram realizadas pelo Prof. Dr. Angelo Antonio Abrantes, que falou sobre “A educação infantil e a formação humana: a mediação da literatura infantil”, e pela Prof.ª Dr.ª Juliana Campregher Pasqualini, que debateu a respeito do “Ensino e desenvolvimento da criança na idade pré-escolar”. Na Anhanguera, os educadores do ensino fundamental trocaram relatos de experiências pedagógicas.

Angelo Abrantes agradeceu ao convite da Prefeitura para ministrar sua palestra aos professores e diretores. O professor abordou o desenvolvimento e a formação do ser humano, por meio do ensino infantil. “A educação é a referência para a formação de uma pessoa”, explicou. O EMEC teve como tema a “Ressignificação da prática docente: entre o conhecimento e o fazer pedagógico”.


Nenhum comentário:

Megamutirão das igrejas acontece no próximo sábado

DENGUE Depois do megamutirão envolvendo servidores municipais, entidades e voluntários, a Prefeitura de Limeira está programando ma...