Prefeito assina convênio com Estado para construir creche no Rubi

EDUCAÇÃO


O prefeito Mario Botion assinou na tarde desta quarta-feira (19) termos de um convênio com o governo estadual para construção de uma creche, na região do Residencial Rubi. O ato ocorreu no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. O governador Márcio França e o secretário estadual de Educação, João Cury Neto, estavam presentes.

Segundo Botion, o convênio estabelece liberação de verba estadual na ordem de R$ 2,883 milhões. O recurso será utilizado na construção e instalação de equipamentos na unidade escolar. O Residencial Rubi, que reúne 900 famílias, foi entregue em dezembro de 2017.

O prefeito frisa que o convênio foi viabilzado após gestão política feita por ele junto ao ex-governador, Geraldo Alckmin. Inicialmente, foi protocolado um pedido para a construção da creche. Em seguida, Botion fez gestões pessoais com Alckmin, quando ele ainda era governador. “Despachamos pessoalmente com ele durante um encontro que tivemos em Limeira”, observa.
As conversas continuaram com o governador Marcio França, que sucedeu Alckmin no início de abril deste ano. “Também fizemos gestão com o atual governador”, cita. Botion comemora o fato de todas as tratativas terem tido êxito com a assinatura ocorrida hoje.

É mais uma notícia excelente para a nossa cidade, em especial para os moradores daquela região”, afirma o prefeito. Botion lembra ainda que uma unidade básica de saúde está sendo construída na região do Rubi, atendendo a grande demanda naquela região. Desde o início do ano, a Emeif “Professora Raquel Aparecida Gonçalves Franceschi, está em funcionamento no Residencial Rubi.

Segundo o prefeito, o recurso do convênio vem do Fundo de Desenvolvimento da Educação (FDE). Em janeiro, conforme relata Botion, o Estado já remeterá para o município o projeto e orçamento para a obra. “Daí, caberá a Prefeitura abrir um processo licitatório para a construção”, explica.






DOM OSCAR ROMERO

Prefeitura legaliza bairro e entrega matrículas de imóveis para moradores

A Prefeitura de Limeira entregou no início da noite desta quarta-feira (19) os contratos registrados e as matrículas averbadas dos imóveis do Jardim Dom Oscar Romero. A solenidade ocorreu em um das ruas do bairro e teve a presença do prefeito Mario Botion e do bispo diocesano de Limeira, Dom Vilson Dias de Oliveira.

 No total, 54 moradores do bairro receberam os documentos de técnicos da Secretaria de Habitação.

É um dia muito importante da minha vida. Foi uma espera de 24 anos”, assinalou Francisca Félix Silva Gomes, a dona Chica, líder comunitária e moradora do bairro desde a sua ocupação – ocorrida em 1994 após cessão de área feita pela Igreja Católica. Ela elogiou o trabalho do prefeito Mario Botion, cujo governo atuou para concluir o processo que resultou na averbação da matrícula dos imóveis, agora em nome dos moradores. “Ele é um amigo e nos atendeu nessa luta”, disse. A Igreja Católica colaborou com o trabalho.

Botion eclareceu que, desde o início de seu governo, colocou as estruturas da Secretaria de Habitação e do Ceprosom para resolver o procedimento de legalização das propriedades. “O objetivo foi resolver a antiga demanda dessa comunidade. Não medimos esforços para atuar desta maneira”, declarou.
A secretária de Habitação, Marcela Siscão, destacou o trabalho realizado pela sua equipe. “Foi um processo intenso e de contato permanente com a comunidade”, observou.

O bispo Dom Vilson lembrou o trabalho da Igreja Católica na época da formação do bairro, em 1994. “Foi uma luta incansável do Dom Ercílio Turco (bispo da época) e do então padre, em Limeira, Geraldo Rondelli”, comentou. O bispo também agradeceu o trabalho realizado pela Prefeitura.

Moradora do bairro, Irene de Souza Sales, comemorou a entrega das matrículas. “Agora estamos com a nossa casinha documentada”, declarou.

Estavam presentes no evento também, o secretário de Comunicação, Antônio Peres, os vereadores Lemão da Jeová Rafa e Mir do Lanche, respectivamente, presidente e vice-presidente eleitos da Câmara de Limeira, os diretores da Secretária de Habitação, Igor Dorta Rodrigues (Fiscalização e Controle) e Adriana Cristina Meneghin Naleto (Desenvolvimento e Habitação), a assessora de Proteção Social do Ceprosom, Luciana Michelleti Torres, e os padres Júlio Barbado (vigário-geral da Diocese de Limeira) e Vinicius Alves Martins (Igreja Sagrado Coração de Jesus).


PRESTAÇÃO DE CONTAS

Limeira fica entre os 30 municípios mais transparentes do Brasil

Limeira garantiu, entre 665 municípios e 27 Estados brasileiros, a 26ª posição na Escola Brasil Transparente – Avaliação 360º, do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União. A avaliação, divulgada na semana passada, foi realizada entre julho e novembro de 2018 em todos os Estados, capitais e municípios com mais de 50 mil habitantes – o que abrange cerca de 70% da população brasileira. Limeira recebeu a nota 9.46.

Em relação ao Estado de São Paulo, Limeira se destaca na segunda posição, à frente de grandes cidades como Santos (9.33), Campinas (9.04), Jundiaí (9.02) e Sorocaba (8.89), além da capital São Paulo (6.69), e dos municípios da região, como Araras (8.51), Piracicaba (8.31) e Americana (7.84). A cidade de Lorena, com nota 9.51, ficou em primeiro entre as cidades paulistas.

São avaliados 23 critérios, de transparência passiva, que trata da disponibilização de informações públicas por meio do Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (e-SIC), e transparência ativa, que verifica a publicação de informações sobre receitas e despesas, licitações e contratos, estrutura administrativa, servidores públicos, acompanhamento de obras públicas, entre outras.

A iniciativa da CGU é verificar o cumprimento dos dispositivos da Lei de Acesso à Informação (LAI) entre outros regulamentos de transparências dos Estados e municípios. O prefeito Mario Botion destaca que a nota e a posição de Limeira à frente de outros municípios é resultado de um trabalho desde o início da atual gestão. “Apostamos na transparência como prestação de contas à população. Trabalhamos de forma séria e mostramos resultados”, observa.

O Portal de Transparência da Prefeitura de Limeira pode ser acessado por meio do link http://leideacesso.etransparencia.com.br/limeira.prefeitura.sp/Portal/desktop.html?410

Prefeito assina convênio com Estado para construir creche no Rubi


 Prefeito assina convênio com Estado para construir creche no Rubi

O prefeito Mario Botion assinou na tarde desta quarta-feira (19) termos de um convênio com o governo estadual para construção da uma creche, na região do Residencial Rubi. O ato ocorreu no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. O governador Márcio França e o secretário estadual de Educação, João Cury Neto, estavam presentes.

Segundo Botion, o convênio estabelece liberação de verba estadual na ordem de R$ 2,883 milhões. O recurso será utilizado na construção e instalação de equipamentos na unidade escolar. O Residencial Rubi, que reúne 900 famílias, foi entregue em dezembro de 2017.

O prefeito frisa que o convênio foi viabilzado após gestão política feita por ele junto ao ex-governador, Geraldo Alckmin. Inicialmente, foi protocolado um pedido para a construção da creche. Em seguida, Botion fez gestões pessoais com Alckmin, quando ele ainda era governador. “Despachamos pessoalmente com ele durante um encontro que tivemos em Limeira”, observa.
As conversas continuaram com o governador Marcio França, que sucedeu Alckmin no início de abril deste ano. “Também fizemos gestão com o atual governador”, cita. Botion comemora o fato de todas as tratativas terem tido êxito com a assinatura ocorrida hoje.

É mais uma notícia excelente para a nossa cidade, em especial para os moradores daquela região”, afirma o prefeito. Botion lembra ainda que uma unidade básica de saúde está sendo construída na região do Rubi, atendendo a grande demanda naquela região. Desde o início do ano, a Emeif “Professora Raquel Aparecida Gonçalves Franceschi, está em funcionamento no Residencial Rubi.

Segundo o prefeito, o recurso do convênio vem do Fundo de Desenvolvimento da Educação (FDE). Em janeiro, conforme relata Botion, o Estado já remeterá para o município o projeto e orçamento para a obra. “Daí, caberá a Prefeitura abrir um processo licitatório para a construção”, explica.




Ação conjunta fecha ferro velho em Limeira

Uma ação conjunta da Prefeitura de Limeira e a Polícia Militar fechou hoje um ferro velho no Jd. Nova Suíça. O proprietário do estabelecimento foi enquadrado como receptador por comprar produtos furtados, que eram revendidos por andarilhos na madrugada. 

A Polícia Militar já havia feito dois flagrantes de receptação no local, que já era conhecido nos meios. O proprietário do estabelecimento foi levado à delegacia e responderá pelos crimes de receptação e também por descaminho. No local, onde também funcionava um bar, foram localizados pacotes de cigarros contrabandeados.  

A ação integrada teve a participação de vários órgãos da Prefeitura Municipal: Guarda Municipal, Fiscalização tributária e de posturas e Vigilância Sanitária.

Comissão autoriza financiamento para pacote de 20 obras

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO


Comissão autoriza financiamento para pacote de 20 obras


O Conselho de Financiamento Externo (COFIEX), um colegiado do Ministério do Planejamento, autorizou nesta sexta-feira durante reunião um programa da Prefeitura de Limeira na ordem de US$ 46.250.000,00 para realização de um pacote de 20 obras no município.


Desse valor, US$ 37 milhões estão sendo buscados pelo município – através do aval do governo federal – por meio de um financiamento junto ao Fonplata (Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata), organismo que atende países da América do Sul.


O aval dado nesta sexta-feira em Brasília foi a última etapa do governo federal para o acesso ao financiamento. Agora, em janeiro uma missão do Fonplata estará em Limeira para conhecer os locais que sofrerão intervenção com as 20 obras e construções. Depois, no passo seguinte, o processo será submetido à votação do Senado.


“É mais uma importante etapa que superamos em busca desses recursos”, afirma o prefeito Mario Botion. “De posse desses recursos, faremos 20 intervenções fundamentais no município”, afirma o prefeito Mario Botion. O trabalho, além da atuação pessoal do prefeito, foi conduzido pelos secretários da Fazenda, José Aparecido Vidotti, e de Obras e Serviços Públicos, Dagoberto Guidi


Antes do COFIEX, o prefeito já havia defendido o programa de financiamento junto ao GTEC – grupo também do Ministério do Planejamento composto também por integrantes do Ministério da Fazenda, do Banco Central, e do Ipea.


Para obter o recurso, o município teve que demonstrar – trabalho feito pela Secretaria de Fazenda – capacidade financeira e de endividamento para contrair o crédito.


OBRAS


Entre as obras incluídas no pacote, está o viaduto da Barroca Funda – intervenção viária mais importante hoje para o município. Também constam no programa, seis construções de Bacias de Detenção, obras na Marginal Tatu, obras na Via Martin Lutero (Pires), recuperação da aça do Viaduto Antônio Feres (Ford), construção de trecho do viaduto Paulo Natal, duplicação do Anel Viário no trecho de 700 metros do Jardim Novo Horizonte, entre outras.

Evento discute políticas públicas da mulher vítima de violência; Botion anuncia transferência da Delegacia da Mulher para novo imóvel

DIREITOS DA MULHER


O prefeito Mario Botion e a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Limeira, Roberta Botion, participaram na manhã desta quarta-feira (28), no Plenário da Câmara Municipal, da abertura do 2° Seminário da Rede “Elza Tank” de Atendimento Integrado à Mulher em Situação de Violência, que neste ano teve como tema “A violência contra a mulher e os meios de enfrentamento”. A cerimônia contou com a presença do presidente da Câmara, José Roberto Bernardo, o Zé da Mix, da vereadora Erika Tank, e da coordenadora do Centro POP, Joice Campos Toniato – estas últimas, integrantes da Rede “Elza Tank”.

Botion falou sobre a importância do evento e do empenho da vereadora Erika Tank em relação à formulação de leis voltadas à proteção da mulher vítima de violência, citando o Botão do Pânico, a Patrulha Maria da Penha, entre outras. “Tivemos a oportunidade de implementar a Patrulha Maria da Penha, que é ligada diretamente à Rede “Elza Tank” e que está ativa no município”, comentou. Botion também resgatou o trabalho empreendido pela mãe da vereadora, Elza Tank, que culminou com a instalação em Limeira, em 1987, da primeira Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do interior do Estado de São Paulo.

No evento, o prefeito anunciou a transferência da atual sede da DDM do município para um novo imóvel, na Rua Presidente Humberto de Alencar Castelo Branco, no Jd. Mercedes. “É um local mais amplo, todo adaptado e com melhores condições de trabalho para o acolhimento às mulheres vítimas de violência”, frisou.

Erika Tank ressaltou o diferencial de Limeira no estabelecimento de políticas de defesa da mulher vítima de violência. “Quando o lar se torna o pior lugar, quando a chegada da noite não traz descanso ou sonhos e sim pesadelos, quando o final de semana passa a ser o momento de maior violência, é preciso que se adotem ações”, afirmou, referindo-se ao papel do Poder Público.

A vereadora lembrou a história de Elza Tank na criação da DDM em Limeira e destacou que os avanços do município na defesa dos direitos da mulher são resultados do engajamento das mulheres e da união dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Erika Tank falou sobre o desempenho da Rede “Elza Tank”, no sentido de levantar os problemas enfrentados pelas mulheres vítimas de violência. A Rede “Elza Tank” foi criada há quatro anos, e ao longo desse período, vem articulando um conjunto de ações para garantir à mulher, vítima de violência, o acesso integral e permanente aos seus direitos.

Falando de sua experiência como radialista e do contato diário com as delegacias do município, Zé da Mix observou que as ocorrências de violência contra a mulher têm aumentado. No entanto, argumentou que o crescimento das notificações deve-se, em parte, à expansão dos canais de recebimento de denúncias. “Espero que o trabalho da Rede “Elza Tank” continue”, disse. A relevância as atividades desenvolvidas pela Rede também foi destacada por Roberta Botion. “Agradeço o empenho da Rede “Elza Tank” com a intenção de apoiar essas mulheres” afirmou.

O evento foi realizado em parceria com a Câmara Municipal, dentro das ações dos 16 dias de ativismo pela luta contra a violência de gênero, um movimento internacional pelo fim da violência contra as mulheres. O movimento possui adesão de cerca de 160 países desde sua primeira edição e mundialmente se inicia em 25 de novembro.

Também compareceram à cerimônia, os secretários Edison Moreno Gil (Chefe de Gabinete), Vitor Santos (Saúde) e André Luis De Francesco (Educação), os vereadores Sidney Pascotto (Lemão da Jeová Rafá) e Jorge de Freitas, o ex-prefeito Pedrinho Kuhl, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Eliza Gabriel da Costa, o diretor Operacional e de Segurança Pública e Prevenção à Violência, Tarcisio Allegri, entre outras autoridades, representantes da sociedade civil organizada e da população em geral.

Após a abertura, o público presente assistiu a três palestras. A primeira, ministrada pela delegada Rosmary Corrêa - responsável pela implantação da primeira DDM de São Paulo e atual prefeita regional Santana/Tucuruvi, que abordou o tema “Como se dá a violência no contexto doméstico contra a mulher”. Na sequência, Fabiana de Andrade, doutora em antropologia pela USP, falou sobre “O perfil da mulher vítima de violência doméstica”. No período da tarde, Reginaldo Bombini, especialista em segurança pública e cidadania, em direitos humanos e em violência doméstica, fez uma explanação sobre o tema “Grupo socioeducativo de responsabilização de homens condenados pela Lei Maria da Penha”. 


Aplicativo vai agilizar atendimento na Farmácia de Alto Custo

SERVIÇO


A Farmácia de Dispensação de Medicamentos de Alto Custo de Limeira irá adotar o WhatsApp para facilitar a comunicação com a população. Por meio do aplicativo de celular, o usuário poderá solicitar informações gerais sobre o serviço, a disponibilidade dos medicamentos e informações sobre a renovação de processo. A ferramenta, voltada exclusivamente à Farmácia de Alto Custo, passará a funcionar a partir da próxima segunda-feira (3) e poderá ser acessada pelo telefone 3451-3643. Apesar de ser telefone fixo, o número é um WhatsApp Business e poderá ser adicionado normalmente pelo aplicativo.

Para o atendimento, o munícipe deverá informar o nome completo, número do CPF, nome do medicamento e a dúvida a ser esclarecida. Após encaminhar a mensagem, ele receberá uma resposta em até 72 horas. Segundo o secretário de Saúde, Vitor Santos, a iniciativa visa aperfeiçoar o atendimento, evitando que os pacientes façam deslocamentos desnecessários até o local.

Vitor Santos destacou que embora o fornecimento da medicação de Alto Custo seja de responsabilidade do Estado, o município faz o gerenciamento e o custeio de toda a estrutura da farmácia. Atualmente, a Farmácia mantém 8.500 processos ativos e faz aproximadamente 10 mil atendimentos por mês.

Desde o dia 12, a Farmácia funciona em instalações mais amplas, na Rua Desembargador Júlio César da Silveira, 1.114, na Vila Santa Lina. O espaço conta com cinco guichês de atendimento, sistema de emissão de senhas totalmente eletrônico e vagas de estacionamento.

Serviço:
Farmácia de Dispensação de Medicamentos de Alto Custo
Rua Desembargador Júlio César da Silveira, 1.114, na Vila Santa Lina
Horário de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h, com distribuição de senhas até 15h
Telefone/WhatsApp Business: 3451-3643



Agentes realizam ação de conscientização a motoristas na Limeira-Piracicaba

TRÂNSITO

A Secretaria de Mobilidade Urbana e a Polícia Militar Rodoviária realizaram ação conjunta de conscientização de trânsito na manhã desta quinta-feira (22), no trecho urbano da Rodovia Limeira-Piracicaba. Os agentes de trânsito e os policiais militares abordaram veículos e orientaram os motoristas sobre uso obrigatório de cinto de segurança, cadeirinha, riscos no uso de aparelho celular ao volante, respeito às faixas de pedestres e novidades sobre a implantação de semáforos na cidade. A operação contou com a presença do secretário da pasta, Rodrigo Oliveira, do chefe da Divisão de Fiscalização de Trânsito, Wagner Geromim Valente, da responsável pelas ações de educação no trânsito, Vanessa Muniz e dos Policiais Militares Sargento Frasse e Soldado Eduardo.


Exposição de carros antigos atrai público de toda região

PAÇO MUNICIPAL


Em comemoração aos 35 anos do Clube de Carros Antigos de Limeira, o Paço Municipal sediou uma exposição no domingo (18). Mais de 4 mil pessoas de Limeira e de toda a região prestigiaram o evento. Foram mais de 350 carros expostos, além de atrações musicais, área de alimentação com food trucks e feira de trocas de artigos e acessórios para autos. O Clube de Carros Antigos de Limeira é o mais antigo da região e hoje tem cerca mais de 100 associados que prestigiam, contribuem e auxiliam nas exposições dos eventos.

Para o diretor de eventos do Clube, Silmar Fadel, foi um evento de muito sucesso, que teve a presença de diversos clubes da região, como Araras, Rio Claro, Piracicaba, América Clube de Minas Gerais e outros. “Agradecemos a Prefeitura de Limeira que, através da Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Inovação, nos apoiou e cedeu o espaço para a realização desse maravilhoso evento”, comentou.

O secretário de Desenvolvimento, Turismo e Inovação, Tito Almirall, afirmou que este tipo de evento combina muito bem com o Paço Municipal, localizado em um prédio de valor histórico para a cidade. “Os presentes passaram um domingo bastante agradável. Foi possível conhecer um pouco mais sobre o universo dos carros antigos”, falou. Durante a celebração, o representante regional da Federação Brasileira de Veículos Antigos, Osmar Beteghelli, entregou a placa de reconhecimento e parabenização pelos 35 anos do Clube.

Para quem não conseguiu prestigiar a exposição de carros, todo segundo domingo do mês, acontece o encontro mensal de Relíquias na Praça Toledo Barros.


Prefeitura irá remanejar médicos nas unidades de saúde

ATENDIMENTO

O secretário de Saúde de Limeira, Vitor Santos, informou que 38 médicos cubanos do Programa Mais Médicos, do Governo Federal, deixaram de atender nas Unidades Básicas de Saúde do município a partir desta quarta-feira (21). Na semana passada (14), o governo Cubano anunciou o encerramento da participação no Programa. 

Vitor Santos destacou que a pasta já está trabalhando no remanejamento de nove médicos brasileiros que continuarão no Programa Mais Médicos e de outros 18 profissionais que atuam na Atenção Básica como clínico geral. “A decisão unilateral do governo cubano de sair do Programa nos obrigou a adotar medidas para garantir o atendimento com recursos humanos próprios, até que o Governo Federal selecione novos médicos para ocupar essas vagas”, disse o secretário.

Além do remanejamento, Vitor Santos ressaltou que o Ministério da Saúde publicou ontem (20) no “Diário Oficial da União” um edital com cerca de 8,5 mil vagas para o programa Mais Médicos. As vagas são para profissionais brasileiros e estrangeiros que tenham registro no Conselho Regional de Medicina do Brasil. Para as vagas remanescentes, o secretário observou que no dia 27 o Ministério da Saúde lançará um segundo edital, voltado a brasileiros formados no exterior e estrangeiros. “Esperamos que até o começo de dezembro já tenhamos a contratação de novos médicos do Programa”, frisou.

Semáforos da rotatória do Cecap iniciam operação a partir de sexta-feira

TRÂNSITO 🚦🚦🚦

A Secretaria de Mobilidade Urbana realizou nesta quarta-feira (21) testes nos semáforos localizados na Praça Marcel Daves de Lima, conhecida como rotatória do Cecap, no Anel Viário. Amanhã (22), novos testes serão feitos em horários alternados e o sistema semafórico começa a funcionar efetivamente na sexta-feira (23), a partir das 7h30. A iniciativa faz parte do cronograma de ações executadas por meio de convênio com o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-SP).


O secretário de Mobilidade Urbana, Rodrigo Oliveira, acompanhou os testes e destacou que todo o local passará por readequações na sinalização, mas salientou que a partir de sexta-feira os semáforos iniciam operação. “Essa é mais uma ação que está sendo concluída para contribuir com a segurança no trânsito em Limeira para motoristas e pedestres”, frisa o prefeito Mario Botion.


Em horários de pico, quando há maior tráfego de veículos na via, passam cerca de 4.900 veículos, no período da manhã, e 5.300 na parte da tarde – os dados são resultado de um estudo de fluxo realizado pela pasta para a implantação dos semáforos. Os agentes de trânsito da secretaria estarão no local orientando os motoristas durante os testes de amanhã e o início do funcionamento na sexta-feira.

Juiz de Limeira é nomeado para a Corregedoria Nacional de Justiça de Brasília

O juiz Luiz Augusto Barrichello Neto, da 2ª Vara Criminal de Limeira, foi nomeado como juiz auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça. O órgão funciona em Brasília. Barrichello Neto foi designado à função por meio da Portaria nº 80, de 13 de novembro de 2018, assinada pelo ministro Humberto Martins, corregedor nacional de Justiça.

A Corregedoria Nacional de Justiça, órgão do CNJ, atua na orientação, coordenação e execução de políticas públicas voltadas à atividade correcional e ao bom desempenho da atividade judiciária dos tribunais e juízos do País. O objetivo principal da Corregedoria é alcançar maior efetividade na prestação jurisdicional, atuando com base nos seguintes princípios: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência (art. 37 da Constituição Federal). De acordo com a portaria, Barrichello Neto começa na nova função a partir de 19 de novembro.

O magistrado tem 46 anos e 21 anos de carreira na área. Em Limeira, ele atua na 2ª Vara Criminal há 15 anos

Informações do site Notícia de Limeira

Foto: Amanda/JP.

Árvores são plantadas para lembrar vítimas de acidentes de trânsito

Para marcar o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trânsito, as secretarias de Mobilidade Urbana e de Meio Ambiente e Agricultura realizaram nesta quarta-feira (14) o plantio de 30 mudas de árvores na rotatória da Av. Lumiére, esquina com Av. Lafaiete, no Parque Centreville. A data ocorre no terceiro domingo de novembro (18), mas foi antecipada pela Prefeitura de Limeira.

Segundo o secretário de Mobilidade Urbana, Rodrigo Oliveira, a iniciativa propõe um momento de reflexão quanto aos acidentes de trânsito. “Trata-se de uma ação simbólica, que integra um trabalho permanente de conscientização no trânsito, visando sempre a redução dos índices de acidentes”, frisou.

O secretário ressaltou que a quantidade de árvores plantadas refere-se ao número de vítimas fatais no trânsito registradas neste ano em Limeira. Foram 30 mortes em 2018, contra 39 em 2017 e 63 em 2016. “Estamos conquistando avanços nessa área e continuaremos sensibilizando a população para que as normas de trânsito sejam respeitadas”, salientou.

A rotatória que recebeu o plantio, conforme Rodrigo, não contabiliza acidentes fatais, porém foi escolhida em razão da necessidade de arborização. No local, foram plantadas espécies nativas da flora brasileira, como forma de promover a biodiversidade. São elas: Pau Brasil, Ipê Amarelo, Ipê Branco, Mirindiba, Aldrago, Jacarandá, Pitangueira, Araçá, Dedaleiro, Sabão de Soldado e Falso Barbatimão.

A secretária interina de Meio Ambiente e Agricultura, Patrícia Finotti Kühl, destacou a importância das árvores no meio urbano, pois auxiliam no conforto climático, no equilíbrio da temperatura e na melhora da umidade do ar. “Além dos benefícios, as árvores trazem, também, embelezamento à cidade. As secretarias de Meio Ambiente e Agricultura e Mobilidade Urbana realizaram uma ação conjunta em torno de uma causa nobre”, comentou.


Doação de fraldas é entregue ao Fundo Social de Solidariedade

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade Roberta Botion recebeu, nesta quarta-feira (14), cerca de 1.600 fraldas geriátricas arrecadadas durante o 2º Passeio Ciclístico Pedal Seguro. A iniciativa é do Limeira Bike Clube e da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Civil, em parceria com a Leal Bike. A entrega foi feita pelo secretário de Segurança Pública e Defesa Civil, Francisco Alves, e o presidente do conselho do Limeira Bike Clube, Francisco Cardoso.

Roberta agradeceu e parabenizou a organização do evento pela iniciativa. “Nos motiva muito quando as pessoas se juntam para realizar ações sociais como essas”, falou. Ela explicou que as doações serão encaminhadas às entidades socioassistenciais de Limeira. O secretário Francisco Alves comentou que essas iniciativas são realizadas desde o início do governo Mario Botion. “Queríamos fazer mais do que apenas o Pedal Seguro, o que resultou nessas doações feitas pelos participantes do passeio”, afirmou.

Representante do Limeira Bike Clube, Francisco Cardoso destacou a importância de realizar eventos com esse engajamento social. “Todos os eventos que fazemos são voltados a alguma instituição ligada ao Fundo Social de Solidariedade. Isso une um evento esportivo para uma ação de cunho social”, disse. O 2º Passeio Ciclístico Pedal Seguro foi promovido no dia 21 de outubro como parte do Mês do Guarda Civil Municipal

Confira a programação da Operação Só Cacareco para a próxima semana

A Operação Só Cacareco, da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, divulgou hoje (14) a programação para a próxima semana. Serão atendidos os seguintes bairros: Bairros do Geada I e II,Jd. Belinha Ometto e Jd. São Paulo. Na ocasião, serão recolhidos materiais inservíveis que devem ser depositados nas calçadas na véspera. Filipetas de aviso serão entregues nos bairros. Em caso de chuvas, a empresa fica impossibilitada de realizar os serviços.

Confira a programação: 
 
Dia 19 - Bairros do Geada I e II;
Dias 21 e 22 - Jd. Belinha Ometto;
Dia 23 - Jd. São Paulo.

Prefeitura autua empresa de caçambas por descarte irregular de entulho

Após denúncia no Canal 156, a Prefeitura de Limeira, por meio da Divisão de Fiscalização de Posturas e do Departamento de Licenciamento, Fiscalização e Áreas Verdes, autuará, nesta quarta-feira (14), uma empresa de caçamba e tira entulho por descarte irregular de entulho em passeio e via pública no Jardim Barão de Limeira. Técnicos vistoriaram o local e verificaram a irregularidade. A empresa será multada em 300 Ufesps (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo) – o equivalente a R$ 7.710. A medida é prevista no Art. 1º da Lei 5.166/13. A Prefeitura realizará a limpeza do local em decorrência da periculosidade dos materiais descartados e o local onde foram depositados.

Prefeitura realiza manutenção em espaços esportivos de Limeira

ESPORTE


A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, realiza diversas manutenções em espaços esportivos da cidade. A pasta concluiu ontem(13) a reposição de areia no campo da praça do Jardim Montezuma. No mesmo dia, a equipe da secretaria realizou a troca de grama para areia no campo do Novo Horizonte. Nesta quarta-feira (14), a pasta realiza limpeza e reposição de areia na quadra de vôlei de praia na Praça do Soldado, colocação de areia no campinho localizado no Estádio Major José Levy Sobrinho, o Limeirão, e limpeza e reposição de areia na quadra do Jardim Ouro Verde. Já no bairro Lagoa Nova, a pasta iniciou na semana passada a instalação de alambrados e reposição de areia – a manutenção está em fase conclusiva.

GILMAR SUSPENDE DECISÃO QUE OBRIGAVA BANCOS A RESSARCIR CLIENTES

O ministro do STF Gilmar Mendes, suspendeu, sozinho, a obrigação legal dos bancos compensarem seus clientes por perdas financeiras decorrentes dos planos econômicos das décadas de 1980 e 1990; decisão monocrática suspende, até fevereiro de 2020, o pagamento dos valores já arbitrados pela Justiça, em processos de ações individuais já julgados e nos quais não caberia mais recursos, mas não afeta os poupadores que aderiram ao acordo homologado no início do ano pelo Supremo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, suspendeu, sozinho, a obrigação legal dos bancos compensarem seus clientes por perdas financeiras decorrentes dos planos econômicos das décadas de 1980 e 1990. A decisão monocrática, do dia 31 de outubro, suspende, até fevereiro de 2020, o pagamento dos valores já arbitrados pela Justiça, em processos de ações individuais já julgados e nos quais não caberia mais recursos. A decisão não afeta os poupadores que aderiram ao acordo homologado no início do ano pelo Supremo.


A petição que originou o Recurso Extraordinário julgado por Mendes foi apresentada pelo Banco do Brasil e pela Advocacia-Geral da União (AGU). O banco e a instituição pública encarregada de representar a União no campo judicial alegaram que o prosseguimento das ações individuais já ajuizadas e o cumprimento das sentenças judiciais já proferidas "têm desestimulado a adesão dos poupadores" ao acordo assinado pela AGU, Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e entidades representativas de consumidores, como o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e a Frente Brasileira Pelos Poupadores (Febrapo).

Assinado no fim de 2017 para tentar pôr fim a uma disputa judicial que se arrasta há décadas nos tribunais de Justiça, o acordo foi homologado pelo STF em março deste ano. Ele vale para quem já tinha ingressado com ação judicial individual ou coletiva a fim de reaver as perdas financeiras decorrentes da entrada em vigor dos planos econômicos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991), ou para seus dependentes, e que optasse por aderir ao acordo homologado pelo STF.
Desde o início, divulgou-se que a adesão ao acordo seria voluntária. E ainda que o acerto previsse descontos de 8% a 19% sobre os valores a que muitos poupadores têm direito e o pagamento de quantias acima de R$ 5 mil seja feito em parcelas semestrais para quem tem direito a mais de R$ 5 mil (podendo levar até dois anos), muitos poupadores aderiram ao acordo, temendo que, se continuassem com ações individuais, demorariam ainda mais para ver seus direitos reconhecidos.
Em sua petição, o Banco do Brasil expôs o argumento de que, mesmo com a homologação do acordo coletivo, continuou tendo que suportar o prosseguimento de milhares de cobranças dos expurgos inflacionários. Ao pedir, junto com a AGU, a suspensão de todas as liquidações e execuções de sentenças judiciais pelo prazo de 24 meses, o Banco do Brasil argumentou que as sentenças questionadas desestimulam a adesão dos poupadores, refletindo, nas palavras do ministro Gilmar Mendes, "o insignificante número de adesões pelos clientes do Banco do Brasil, o que prejudica o objetivo maior do acordo, que é garantir o direito dos particulares e facilitar opagamento da dívida pelas instituições".
Procurado pela Agência Brasil, o Banco do Brasil informou que a suspensão dos processos está prevista na cláusula oitava do acordo que a Febraban assinou com as entidades que representam os consumidores. "Essa matéria também foi objeto de requerimento na petição que submeteu o acordo para homologação do STF, quando foi assinada por todos os intervenientes do acordo e já contemplava a possibilidade de suspensão de todos os processos", acrescenta o banco, em nota.

Justificativas

Já o ministro Gilmar Mendes, na decisão monocrática, sustenta que, ao homologar uma das ações extraordinárias sobre o tema que o STF analisou no início do ano, já tinha determinado a suspensão das ações individuais por 24 meses a fim de "possibilitar que os interessados, querendo, manifestem adesão à proposta nas respectivas ações, perante os juízos de origem competentes, com o intuito de uniformizar os provimentos judiciais sobre a matéria e privilegiar a autocomposição dos conflitos sociais". Segundo Mendes, mesmo com sua determinação, os tribunais de Justiça "têm dado prosseguimento às liquidações e execuções das decisões sobre a matéria, o que tem prejudicado a adesão ou ao menos o livre convencimento dos particulares sobre o acordo em questão".
"Nesses termos, entendo necessária a suspensão de todos os processos individuais ou coletivos, seja na fase de conhecimento ou execução, que versem sobre a questão, pelo prazo de 24 meses a contar de 5/2/2018, data em que homologado o acordo e iniciado o prazo para a adesão dos interessados", determina o ministro.
Representante legal de vários poupadores e assessor de outros escritórios de advocacia que ajuizaram ações individuais e coletivas, o advogado Alexandre Berthe disse à Agência Brasil que a decisão do ministro contraria o próprio acordo e aumenta a insegurança jurídica, conforme indica o número de pedidos de esclarecimentos ajuizados ao processo após a determinação vir a público.
"Imagine um advogado tentando explicar para um poupador idoso que não entenda nada de Direito e a quem o advogado já tinha informado sobre o ganho de causa que o ministro Gilmar Mendes, agora, mandou suspender o pagamento da ação. Este cliente estava esperando receber este dinheiro daqui para o Natal e, agora, o advogado tem que explicar que ele pode ter que esperar por mais dois anos", argumentou Berthe, lembrando que, legalmente, nada pode suspender um processo transitado em julgado.
"Fica parecendo, ou subentendido, que um ministro pode suspender a execução de decisões judiciais transitadas em julgado daquelas pessoas que optarem por não aderir a um acordo que, a nosso ver, é péssimo para muita gente", acrescentou Berthe, avaliando que, em sua decisão, o ministro foi muito além do pedido apresentado pelo Banco do Brasil e pela AGU, que solicitavam a suspensão apenas das execuções individuais de sentenças cujos poupadores tenham sido beneficiados por uma decisão dada em ação ajuizada pelo Idec contra o extinto Banco Nossa Caixa, que foi incorporado pelo Banco do Brasil. Em sua decisão, o próprio ministro aponta que Banco do Brasil e AGU requisitaram a suspensão das liquidações e execuções dos expurgos inflacionários decorrentes apenas do Plano Collor II (1991).
"A decisão do ministro, no entanto, afetou a todos os outros processos individuais, incluindo os que envolvem outros bancos – que podem optar por executar as sentenças já proferidas para encerrar logo o processo. A meu ver, o ministro Gilmar Mendes extrapolou o pedido original, contrariando o próprio acordo homologado pelo STF. Esperamos que ele ratifique sua decisão, esclarecendo-a melhor", concluiu o advogado.
Por e-mail, a AGU afirmou que a suspensão de tramitação dos processos já tinha sido solicitada na época em que se pleiteava a homologação do acordo, de modo a incentivar a adesão. Segundo a AGU, isso já havia sido plenamente atendido e, portanto, a nova decisão do ministro Gilmar Mendes "apenas reforça o que já havia sido determinado pelo Supremo", conferindo segurança jurídica ao acordo

CUBA ABANDONA O PROGRAMA MAIS MÉDICOS, EM PROTESTO CONTRA BOLSONARO

Em protesto contra o presidente eleito no Brasil Jair Bolsonaro, Cuba decidiu abandonar o programa Mais Médicos, que leva profissionais do país caribenho para áreas de outras nações com o objetivo de otimizar o atendimento à população. "O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, com referências diretas, depreciativas e ameaçadoras à presença de nossos médicos, declarou e reiterou que modificará os termos e condições do Programa Mais Médicos, com desrespeito à Organização Pan-Americana da Saúde e ao acordo desta com Cuba, ao questionar a preparação de nossos médicos e condicionar sua permanência no programa à revalidação do título e como única forma de se contratar individualmente", diz o texto do Ministério da Saúde cubano.

Nestes cinco anos de trabalho, cerca de 20 mil funcionários cubanos atenderam mais de  113 milhões de pacientes, em mais de 3.600 municípios, chegando a cobrir, com eles, um universo de até 60 milhões de brasileiros, na época em que constituíam 88% de todos os médicos participantes do programa. Mais de 700 municípios tiveram um médico pela primeira vez na história", diz o documento.
O futuro chefe do Executivo federal já havia dito que iria expulsar os médicos cubanos do Brasil alegando que iria instrumentalizar o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira, conhecido como Revalida.
Confira a íntegra do documento:
O Ministério da Saúde Pública da República de Cuba, comprometido com os princípios solidários e humanistas que durante 55 anos têm guiado a cooperação médica cubana, participa desde seus começos, em agosto de 2013, no Programa Mais Médicos para o Brasil. A iniciativa de Dilma Rousseff, nessa altura presidenta da República Federativa do Brasil, tinha o nobre propósito de garantir a atenção médica à maior quantidade da população brasileira, em correspondência com o princípio de cobertura sanitária universal promovido pela Organização Mundial da Saúde.
Este programa previu a presença de médicos brasileiros e estrangeiros para trabalhar em zonas pobres e longínquas desse país.
A participação cubana nele é levada a cabo por intermédio da Organização Pan-americana da Saúde e se tem caracterizado por ocupar vagas não cobertas por médicos brasileiros nem de outras nacionalidades.
Nestes cinco anos de trabalho, perto de 20 mil colaboradores cubanos ofereceram atenção médica a 113.359.000 pacientes, em mais de 3.600 municípios, conseguindo atender eles um universo de até 60 milhões de brasileiros na altura em que constituíam 88 % de todos os médicos participantes no programa. Mais de 700 municípios tiveram um médico pela primeira vez na história.
O trabalho dos médicos cubanos em lugares de pobreza extrema, em favelas do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador de Baía, nos 34 Distritos Especiais Indígenas, sobretudo na Amazônia, foi amplamente reconhecida pelos governos federal, estaduais e municipais desse país e por sua população, que lhe outorgou 95% de aceitação, segundo o estudo encarregado pelo Ministério da Saúde do Brasil à Universidade Federal de Minas Gerais.
Em 27 de setembro de 2016 o Ministério da Saúde Pública, em declaração oficial, informou próximo da data de vencimento do convênio e em meio dos acontecimentos relacionados com o golpe de estado legislativo-judicial contra a Presidenta Dilma Rousseff que Cuba “continuará participando no acordo com a Organização Pan-americana da Saúde para a implementação do Programa Mais Médicos, enquanto sejam mantidas as garantias oferecidas pelas autoridades locais”, o que até o momento foi respeitado.
O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, fazendo referências diretas, depreciativas e ameaçadoras à presença de nossos médicos, declarou e reiterou que modificará termos e condições do Programa Mais Médicos, com desrespeito à Organização Pan-americana da Saúde e ao conveniado por ela com Cuba, ao pôr em dúvida a preparação de nossos médicos e condicionar sua permanência no programa a revalidação do título e como única via a contratação individual.
As mudanças anunciadas impõem condições inaceitáveis que não cumprem com as garantias acordadas desde o início do Programa, as quais foram ratificadas no ano 2016 com a renegociação do Termo de Cooperação entre a Organização Pan-americana da Saúde e o Ministério da Saúde da República de Cuba. Estas condições inadmissíveis fazem com que seja impossível manter a presença de profissionais cubanos no Programa. Por conseguinte, perante esta lamentável realidade, o Ministério da Saúde Pública de Cuba decidiu interromper sua participação no Programa Mais Médicos e foi assim que informou a Diretora da Organização Pan-americana da Saúde e os líderes políticos brasileiros que fundaram e defenderam esta iniciativa.
Não aceitamos que se ponham em dúvida a dignidade, o profissionalismo, e o altruísmo dos colaboradores cubanos que, com o apoio de seus familiares, prestam serviço atualmente em 67 países. Em 55 anos já foram cumpridas 600 mil missões internacionalistas em 164 nações, nas quais participaram mais de 400 mil trabalhadores da saúde, que em não poucos casos cumpriram esta honrosa missão mais de uma vez. Destacam as façanhas de luta contra o ébola na África, a cegueira na América Latina e o Caribe, a cólera no Haiti e a participação de 26 brigadas do Contingente Internacional de Médicos Especializados em Desastres e Grandes Epidemias “Henry Reeve” no Paquistão, Indonésia, México, Equador, Peru, Chile e Venezuela, entre outros países.
Na grande maioria das missões cumpridas, as despesas foram assumidas pelo governo cubano. Igualmente, em Cuba formaram-se de maneira gratuita 35 mil 613 profissionais da saúde de 138 países, como expressão de nossa vocação solidária e internacionalista.
Em todo momento aos colaborados foi-lhes conservado seu postos de trabalho e o 100 por cento de seu ordenado em Cuba, com todas as garantias de trabalho e sociais, mesmo como os restantes trabalhadores do Sistema Nacional da Saúde.
A experiência do Programa Mais Médicos para o Brasil e a participação cubana no mesmo, demonstra que sim pode ser estruturado um programa de cooperação Sul-Sul sob o auspício da Organização Pan-americana da Saúde, para impulsionar suas metas em nossa região. O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e a Organização Mundial da Saúde qualificam-no como o principal exemplo de boas práticas em cooperação triangular e a implementação da Agenda 2030 com seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Os povos da Nossa América e os restantes do mundo bem sabem que sempre poderão contar com a vocação humanista e solidária de nossos profissionais.
O povo brasileiro, que fez com que o Programa Mais Médicos fosse uma conquista social, que desde o primeiro momento confiou nos médicos cubanos, aprecia suas virtudes e agradece o respeito, a sensibilidade e o profissionalismo com que foram atendidos, poderá compreender sobre quem cai a responsabilidade de que nossos médicos não possam continuar oferecendo sua ajuda solidária nesse país.
Havana, 14 de novembro de 2018.

Virada Cultural Paulista é neste final de semana; programação oferece mais de 30 atrações

LIMEIRA NA VIRADA


Com programação que promete agitar a cidade, a Virada Cultural Paulista chega a Limeira neste sábado (17) e domingo (18), com shows, exposições, apresentações e espetáculos que acontecem no Parque Cidade, Teatro Vitória e demais espaços culturais da cidade.  A realização do evento é do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA) e Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Cultura.

O palco principal recebe nesta edição grandes nomes como Zeca Baleiro e Alcione, Gregory, Sax in The Beats  e As Bahias e a Cozinha Mineira, além de bandas limeirenses, como Cigana, Black 90 Mcs e Cássias Extraordinárias (Tributo a Cássia Eller).
Já o Palco Limeira abre espaço aos artistas da música de Limeira oferecendo shows de Pessoas Cinzas Normais, Eu, a Véia e os Caras, Bando D 'Água, Laranja Oliva e Fuleiros. Esta programação acontece ao lado do Centro de Ciências e Cultura, também localizado no Parque Cidade.
"Mais uma vez, Limeira está inserida na rota da Virada Cultural, um evento de grande proporção realizado em parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura, para que a população tenha acesso a esse movimento artístico", destaca o prefeito Mario Botion.
Para o secretário de Cultura, José Farid Zaine, "as expectativas são as melhores possíveis, visto que os shows enviados à cidade neste ano são imperdíveis". "Garantimos, em parceria com a programação especial do palco principal, que traz grandes nomes do cenário nacional, além de atrações limeirenses, outras opções que entusiasmam a nossa agenda, capazes de contemplar a diversidade dos gêneros artísticos defendida por artistas também da nossa cidade", completa. Ele cita, como exemplo, a ação Pintando a Virada, que envolve, neste ano, 13 artistas limeirenses da área de artes visuais. É a segunda edição deste projeto, criado em 2017.
Os artistas que participam do Pintando a Virada neste ano são: Murilo Henrique Souza dos Reis, Suellem Adriana de Santana Pimentel, Fernando Pimentel, Paulo Ricardo Medo, Gustavo Ansi Dibbern, Wellington de Barros Pessoa, Wesler Machado ALMA, Robson Fernando Alves dos Anjos, Denis “Nazeia” e Bruno Maciel (Brow). Expõem ainda seus trabalhos, no mesmo espaço, os artistas Ton Vilanova, Valéria Espinhara e Felipe Malavazi.
O Teatro Vitória também oferece programação nos dois dias de evento. O palco recebe espetáculos de teatro e dança com Espaço Núcleo, Grupo Levitar de Teatro e Kelly Amorim Cia de Dança. Alguns espaços culturais da cidade também integram a Virada com programação especial, são eles: Espaço Contemporânea Cultura e Paisagismo, Espaço P.Omar e Espaço Cultura Limeira.

Durante a Virada, haverá Praça de Alimentação, localizada em frente à Biblioteca Municipal Prof. João de Sousa Ferraz. O palco principal fica em frente à Secretaria de Educação e o Palco Limeira, ou Palco 2, que contempla exclusivamente músicos da cidade, está localizado ao lado do Centro de Ciências, na região das árvores. O Pintando a Virada pode ser conferido na área em frente ao Centro de Ciências. , sendo que alguns trabalhos serão produzidos no decorrer da Virada. Não há estacionamento dentro do Parque Cidade disponível para o público. Recomenda-se que os condutores estacionem nas redondezas do Parque Cidade.

Confira os horários e detalhes de cada atração:

PALCO PRINCIPAL
Parque Cidade – Em frente à entrada da Secretaria Municipal de Educação
Sábado, 17
MÚSICA
18h - Cigana
19h30 - Black 90 MCs
21h - Gregory
22h30 - Sax in The Beats
23h59 - Zeca Baleiro

Domingo, 18
MÚSICA
15h30 - Cássias Extraordinárias (Tributo a Cássia Eller)
17h - As Bahias e a Cozinha Mineira
18h30 - Alcione
PINTANDO A VIRADAParque Cidade – Área em frente ao Centro de Ciências Prof. Osvaldo Roberto Leite

Neste projeto, a Secretaria de Cultura buscou envolver os artistas plásticos limeirenses dentro da programação da Virada Cultural. O resultado será uma grande exposição ao ar livre, sendo produzida, em alguns casos, durante a realização do evento na cidade. Além disso, integradas à Virada, exposições de artistas no local.
Sábado, 17
A partir das 16h
Artistas que produzirão suas obras para serem expostas no espaço aberto do Parque Cidade:
Murilo Henrique Souza dos Reis
Trabalho: Figura Humana.
Suellem Adriana de Santana Pimentel
Trabalho: O Colhedor de Pitayas.
Fernando Pimentel
Trabalho: Güarinim*.
*Guerreiro em TUPI
Paulo Ricardo Medo
Trabalho: Composto por peças do estilo wildstyle que será realizado somente com tinta spray.
Gustavo Ansi Dibbern
Trabalho: Formas Geométricas, ora mais matemáticas, ora mais livres, com tinta látex, formando uma composição de sobreposições de camadas coloridas de forma linear, com cores diversas.
Wellington de Barros Pessoa
Trabalho: Figurativo. Temática: Animais.
Wesler Machado ALMA
Trabalho: O processo do artista se inicia no caminhar, observando o que a cidade oferece, a arquitetura, as ferragens, os logotipos, as pessoas. Assim, surge a necessidade de desenhar e sua criação parte para este encontro, com uso de tinta látex, tinta piso e corante.
Robson Fernando Alves dos Anjos
Trabalho: No Mundo Somos Todos Iguais...
Denis “Nazeia”
Trabalho: Nazska – Skate – Música – Arte.
Bruno Maciel (Brow)
Trabalho: Seus trabalhos possibilitam intervenções em lugares públicos e particulares, assim como em uma diversidade de objetos, usando canetas, spray, tinta látex, tinta de tecido ou acrílica, com formas abstratas e simétricas.

EXPOSIÇÕES:
Série Filmes, com a técnica do stencil em camadas
Ton Vilanova
Busca Espacial, pinturas feitas sobre recortes de madeiras, contendo cenários de outros planetas, referências da cultura pop e botânica em sua temática
Felipe Malavazi

Reverbera, tema dado a exposição que visa explorar a movimentação peculiar do universo musical da Banda Marcial do CAMPL – Patrulheiros
Valéria Espinhara
ESPAÇOS CULTURAIS
Para envolver os espaços que fomentam a cultura em Limeira, uma programação paralela acontece, com música, teatro, exposições, oficinas e palestras. Acompanhe:
 ESPAÇO CONTEMPORÂNEA – CULTURA E PAISAGISMO

Avenida Campinas, 710 – Centro
150 pessoas
Sábado, 17
18h - Bases do Desenho Artístico.
Domingo, 18
10h - Bases para Técnicas de Graffiti.
14h - Mandalas de Luz (pintura vitral).
16h30 - Macramê.

ESPAÇO CULTURA LIMEIRA
Rua Castro Barreto, 174 – Boa Vista
45 pessoas

Sábado, 17
20h - Peça Teatral: Orlando – A Mulher Imortal, de Vírginia Woolf

Domingo, 18
10h - Peça Teatral Infantil – João e Maria
15h - Afinal, rei está nu? Debate sobre a Arte Contemporânea, com a Dra. Em Arte Contemporânea, Rafaella Uhiara
17h - Cenas Curtas: Contraindicado / Corpos
** Na Galeria do Espaço, dias 17 e 18, sendo sábado, das 18h às 22h; e domingo, das 14h às 18h
Exposição Projeto Corpos
Luana Camussi
12 desenhos, com técnica mista
Exposição
Rodrigo Zovico
20 obras, com técnica mista

ESPAÇO P.OMAR
Rua Sete de Setembro, 866 – Centro
100 pessoas

Sábado, 17
18h - Performance A Fruta Cor, com Pupo Omar.
21h - Música: DUO Íris, com Nika Lobo e Éllida Sierra nos vocais e violões e Yuri Dimov na percussão.

Domingo, 18
14h - Feira Catavento, exposição de arte autoral e local. DJ Gy Tônica.
14h - Camará – Seleção de Música Brasileira, com o DJ residente Ton Vilanona.

DANÇA / TEATRO
Teatro Vitória (Praça Toledo Barros, s/no - Centro)
Sábado, 17
20h30
TEATRO: Caravela de Ilusões
Espaço Núcleo

Domingo, 18
15h
TEATRO: Lágrimas de um guarda-chuva
Grupo Levitar de Teatro
17h
DANÇA: Quem é você???
Kelly Amorim Cia de Dança

MÚSICA – Palco 2 - Palco Limeira
Parque Cidade – Área das árvores, ao lado do Centro de Ciências Prof. Osvaldo Roberto Leite

Sábado, 17, às 20h15
Palco 2 (Parque Cidade)
Show Musical Pessoas Cinzas Normais - Voltando Belchior
Neste projeto, a banda revisita a obra do artista com sonoridade explosiva do rock, característica da banda e apresenta os maiores sucessos desse grande compositor brasileiro Belchior.
Endereço: Rua João Kühl Filho, s/no – Vila São João

Sábado, 17, às 22h
Palco 2 (Parque Cidade)
Show Musical Eu a Véia e os Caras
Recentemente, a banda lançou o seu primeiro EP intitulado Lacuna, trabalho autoral que marca um divisor de águas em sua trajetória. Assim, carregando uma vasta experiência em festas universitárias, formaturas, festas de moto clubes, eventos, bares, pubs e premiações em eventos, a banda vem apresentando um show atual e cheio de energia em torno de seus novos trabalhos autorais.
Endereço: Rua João Kühl Filho, s/no - Vila São João

Domingo, 18, às 14h
Palco 2 (Parque Cidade)
Show Musical com Bando D' Água
Depois de dois anos do lançamento do seu primeiro CD – Algum Lugar -, tem a formação de um trio que busca construir e desconstruir a sonoridade do rock ?n roll brasileiro, sem estar amarrado a esse ou aquele estilo.
Endereço: Rua João Kühl Filho, s/no - Vila São João

Domingo, 18, às 16h
Palco 2 (Parque Cidade)
Show Musical com Laranja Oliva
Com dois discos já lançados, Arroz, Feijão e Mistura (2014) e Carta da Terra (2018), Laranja Oliva se destaca em toda região como uma das bandas mais influentes do cenário da música.
Endereço: Rua João Kühl Filho, s/no – Vila São João

Domingo, 18, às 17h30
Palco 2 (Parque Cidade)
Show Musical com Fuleiros
A banda surge entre amigos que curtem tocar Raimundos, além de outros tipos de rock. Assim, seu show busca relembrar grandes sucessos este gênero musical, nacionais e internacionais.
Endereço: Rua João Kühl Filho, s/no – Vila São João

Manutenção altera atendimento na farmácia da UBS Boa Vista

SAÚDE

A Secretaria de Saúde de Limeira informa que a farmácia da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Boa Vista ficará fechada para manutenção nos dias 21, 22, 23 e 26. O atendimento no local será retomado no dia 27. Durante o período, os munícipes devem se dirigir a outras farmácias da rede localizadas na região, são elas: UBS Nova Suíça, UBS Planalto, Policlínica e Farmácia Municipal. A pasta destaca que os demais serviços prestados pela UBS Boa Vista serão oferecidos normalmente. A unidade fica na Rua Castro Barreto, 162, Boa Vista.

Confira o endereço de unidades da região para dispensação de medicamentos:
- UBS Nova Suíça - Rua Vereador Samuel Berto, s/nº - Jardim Nova Suíça
- UBS Planalto - Rua Professor Hely de Almeida Campo, s/nº – Jardim Planalto
- Policlínica - Av. Ana Carolina de Barros Levi, 220 – Centro
- Farmácia Municipal - Rua Deputado Otávio Lopes, 756 - Centro

Zoonoses alerta sobre cuidados para evitar escorpiões

Com a proximidade do verão, principal época de reprodução dos escorpiões, a Divisão de Controle de Zoonoses de Limeira orienta a população sobre as medidas para prevenir o aparecimento desses animais nas residências. Os escorpiões são aracnídeos, de hábitos noturnos, que se alimentam principalmente de baratas.




A chefe da Divisão, Pedrina Aparecida Rodrigues Costa, salienta a importância de cada morador avaliar seu imóvel e eliminar possíveis situações que tornem a residência atraente a baratas e escorpiões. “O lixo doméstico deve ser colocado em sacos plásticos ou cestos de lixo, devidamente fechados, para posterior coleta”, frisou.




Pedrina observou que os escorpiões podem se alojar nos mais diferentes locais de uma casa, desde uma fresta no muro até entre as folhas de canteiros ou jardins. Por esse motivo, ela reforça a necessidade de rebocar rachaduras em muros e paredes e vedar soleiras de portas com rolos de areia ou frisos de borracha. Quanto aos ralos, a orientação é colocar tela ou tampa do tipo abre/fecha.




Outros cuidados citados por Pedrina passam pela limpeza constante dos quintais e descarte de todo material inservível. Materiais de construção devem ser empilhados em pallets, afastados de paredes ou muros. “Ao manuseá-los, é preciso usar luvas de couro e sapatos fechados”, salientou.




A bióloga da Divisão, Daniela Coelho Terossi, informa que o escorpião de maior incidência em Limeira é o “escorpião amarelo” (Tityus serrulatus). O animal tem como particularidade a ocorrência apenas de fêmeas e todo indivíduo adulto pode se reproduzir sem a necessidade de acasalamento – fenômeno denominado partenogênese. Em cada ciclo reprodutivo, nascem cerca de 20 indivíduos que permanecem no dorso da mãe por 15 dias, até conseguirem se alimentar por conta própria. De acordo com a bióloga, a falta de predadores e a facilidade de adaptação ao meio urbano contribuem para a ocorrência desse animal na cidade.




Orientações sobre o atendimento em caso de picada




Em caso de acidente, a vítima deve ser encaminhada imediatamente à Santa Casa de Limeira, que é o serviço de referência para atendimento e aplicação do soro antiescorpiônico (se necessário). Segundo Pedrina, não é recomendável colocar gelo, amarrar ou fazer torniquete nem aplicar nenhum tipo de substância no local da picada. “O gelo pode acentuar a sensação de dor”, frisou. A recomendação, de acordo com Pedrina, é procurar rapidamente atendimento médico no próprio município, sem necessidade de deslocamento para outras localidades.




Orientações para evitar os escorpiões


- Manter limpos quintais e jardins, não acumular folhas secas, lixo domiciliar, entulho, telhas, tijolos, madeiras e lenha;

- Acondicionar o lixo doméstico em sacos plásticos ou outros recipientes fechados para evitar baratas e outros insetos, que servem de alimento aos escorpiões. O lixo deve ser encaminhado ao serviço de coleta e nunca jogado em terrenos baldios ou áreas verdes;

- Evitar acúmulo de materiais recicláveis, e em caso de necessidade, lavá-los antes de armazenar;

- Limpar terrenos baldios a 2 metros das redondezas dos imóveis;

- Eliminar fontes de alimento dos escorpiões: baratas, aranhas, grilos e outros pequenos animais invertebrados;

- Evitar a formação de ambientes favoráveis ao abrigo de escorpiões – obras de construção e terraplanagem – que possam deixar entulho, superfícies sem revestimento, umidade, etc.;

- Evitar acúmulo de materiais de construção e lenha;

- Preservar inimigos naturais dos escorpiões, especialmente corujas, pequenos macacos, quatis, lagartos, sapos e gansos. Segundo o Instituto Butantan, galinhas não são eficazes para o controle do escorpião;

- Evitar queimadas em terrenos baldios para não desalojar os escorpiões;

- Remover folhagens, arbustos e trepadeiras junto às paredes externas e muros;

- Rebocar paredes externas e muros para que não apresentem vãos ou frestas.


Orientações na área interna das residências


- Vedar soleiras de portas com rolos de areia, pano úmido ou friso de borracha;

- Reparar rodapés soltos e colocar telas nas janelas;

- Colocar tela em aberturas de ralos, pias ou tanques. Colocar tampas do tipo “abre e fecha” nos ralos e peneirinhas na pia da cozinha e no tanque de lavar roupas;

- Colocar tela nas aberturas de ventilação de porões e manter assoalhos calafetados;

- Manter todos os pontos de energia (interruptores, tomadas e bocais de lâmpadas) e de telefone devidamente vedados.


Cuidados para evitar acidentes


- Usar luvas de couro e calçados fechados ao manusear materiais que estão em desuso;

- Manter berços e camas afastados das paredes;

- Evitar que cobertas, colchas e edredons encostem no chão;

- Examinar roupas, toalhas de banho e calçados antes de usá-los;

- Guardar brinquedos em recipientes fechados.

- Evitar transitar por áreas com mato alto. Em caso de necessidade de circulação, usar vestimenta adequada (calça comprida, botas e luvas).

Megamutirão das igrejas acontece no próximo sábado

DENGUE Depois do megamutirão envolvendo servidores municipais, entidades e voluntários, a Prefeitura de Limeira está programando ma...